Eu acredito

Não tem coisa mais saudável que uma discussão, aprender com a diversidade e conviver com as diferenças.

Atualmente sabemos que os meios de comunicação em massa influenciam a forma de como os integrantes da sociedade observam e reagem com o mundo a sua volta. E essa influencia irá depender das alianças políticas e dos patrocínios dos donos dos meios de comunicação. Alguns são simplesmente por crença e ignorância.

Acredito nos NEGROS

Como o negro é retratado nos jornais e na televisão, desde o inicio do período da escravidão até hoje, mostraram que os negros eram tratados como seres inferiores e que somente serviam para trabalhos manuais. E na mídia não foi diferente. Nas notícias os negros apareciam somente como vilões, principalmente se fossem podres. E nos programas e novelas apareciam como pobres trabalhadores, sem posição de prestígio, sempre interpretando empregados, escravos, donas de casa, trabalhadores manuais. A sociedade hoje, mesmo no Brasil que possui uma característica bem pluralista de cores e gostos, cria nas pessoas negras a ideia de que são pessoas quem nascem para servir.

Os tempos estão mudando e com eles às gerações, opiniões e  paradigmas. Os negros estão ganhando força e cada vez mais conquistam campos que até pouco tempo nenhum negro havia conseguido, conquistando cargos, personagens, status. A realidade é que os negros ainda sofrem preconceitos, ainda há a dificuldade de superar os olhares da coletividade “tradicionalista”, de conseguir alcançar seus objetivos. E cabe aos grandes formadores de opinião, criticar esta postura e inserir na sociedade a realidade de que o que faz um vilão não é a cor da sua pele.

Acredito nas PROFISSÕES

Toda e qualquer profissão que os trabalhadores utilizam força são vítimas de preconceito. E a forma de como isso é retratado na mídia cria na população um estereótipo muito forte de que todos são iguais. Em foco as novelas televisionas no Brasil, as características marcantes em quaisquer personagens em determinada profissão.

Ou seja, todo empresário é mulherego e corrupto, todo cabelereiro estilista homem é homossexual, todo médico é muito bonito e rico, todo jornalista é aventureiro e despreocupado, as empregadas domésticas são humildes e muito mal tratadas e é assim com todas as profissões. É traçado um perfil único.

Não devemos nos deixar ludibriar, devemos respeitar a todas as profissões e entender que cada uma delas tem uma importância na sociedade. E cabe aos grandes formadores de opinião, criticar esta postura e inserir na sociedade a realidade de que todos os trabalhos dão trabalho. 

Acredito nos ÍNDIOS

Desde a carta de Cabral ao Rei de Portugal, os índios são retratados como verdadeiros animais selvagens e pornográficos, são extremamente preguiçosos e sem cultura.  E ainda assim são retratados na mídia. Os grandes jornais, ocultados por suas alianças patrocinadoras e políticas, mascaram a realidade de um povo desrespeitado, quase sem terras e totalmente sem direitos. E cabe aos grandes formadores de opinião, criticar esta postura e inserir na sociedade a realidade de que todos os índios precisam ser respeitados.

Acredito nos GORDOS

Depois de imposto que, as pessoas para serem bonitas precisam ser magras, vale tudo. Os gordinhos sofrem muito preconceito, bullying. A todo dia, toda notícia, todo programa, toda novela, os gordinhos são tratados como não saudáveis, infelizes com sua aparência, tímidos e bobões, que só estão ali para tornar a cena mais engraçada. E cabe aos grandes formadores de opinião, criticar esta postura e inserir na sociedade a realidade de que todos são felizes do jeito especial que cada um é.

Acredito nas MULHERES

Acredito no poder das mulheres, nos movimentos socio-políticos, acredito nas lutas por um mundo melhor, acredito nas lutas por cada ideologia. E não se engane, eu não apoio todos os pensamentos, lutas e posturas.  Sou uma pessoa muito preconceituosa, mas não é por isso que vou rotulá-los ou apedrejá-los, eu os defenderei, como diria Voltaire, posso não concordar com nenhuma das palavras que disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las. 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: